3º Foro Ibérico del Tajo

'Trabalhando juntos a favor do Tejo'

7 E 8 DE FEVEREIRO DE 2019
Centro de Congressos 'El Greco', TOLEDO
DOWNLOADManifesto em defesa de un Tejo vivo

Saudações

Milagros Tolón

As principais cidades do mundo se desenvolveram nas margens de um grande rio. No nosso caso, foi o Tejo, o canal fluvial mais longo da Península Ibérica e, também, o mais contaminado.

Para aqueles que vivem ao longo do seu curso, o rio tem sido um elemento fundamental. Fonte de abastecimento, barreira defensiva, elemento de acionamento de moinhos, turbinas ou poços de água de irrigação, local de lazer e recreação, fornecedor de riquezas através do cultivo de alimentos em nossos pomares irrigados e planícies irrigadas … É nosso bem natural mais precioso e querido. Portanto, vendo o triste estado que se apresenta hoje, nos sentimos tristes e indignados.

Há muito tempo que sofremos com o Tejo que é vítima de negligência, esquecimento e agressão. Chegou a hora de unir forças para que a recuperação do rio se torne uma prioridade para todos. Para isso, convocamos todos para o III Fórum Ibérico do Tejo, organizado pela prefeitura de Toledo com colaboração da Irmandade Ibérica do Tejo e a Universidade de Castilla-La Mancha e Tagus.

Este apelo vai além do caráter de demanda perante as administrações públicas, servirá para colocar na mesa soluções futuras e compartilhar experiências, desafios ou propostas inovadoras para que a recuperação desse canal fluvial, o mais longo de nossa Península Ibérica, tenha alternativas eficazes e sustentáveis para se tornar uma realidade.

Em nome da Prefeitura de Toledo convidamos todos a participar e acompanhar o III Fórum Ibérico do Tejo, que se realizará nos dias 7 e 8 de fevereiro de 2019.

Milagros Tolón Jaime Presidente da Câmara Municipal de Toledo

Objetivos

Com a celebração do III Fórum Ibérico do Tejo, a Câmara Municipal de Toledo, com a colaboração da Confraria Ibérica do Tejo e da Universidade de Castilla-La Mancha, perseguem um duplo objetivo: por um lado, difundir os conhecimentos técnico-científicos desenvolvidos ao serviço do Tejo, valorizando assim a sua história, o seu património, a paisagem e a cultura que o rodeia; por outro lado, espera-se que as comunidades ribeirinhas, as administrações públicas e a sociedade civil estabeleçam laços de união e proponham estratégias comuns na busca de soluções para os problemas da bacia do Tejo.

Na primeira parte do Fórum, que será na quinta-feira, 7 de fevereiro, serão considerados os principais desafios enfrentados pelo Tejo em Espanha e em Portugal, dada a situação atual de deterioração dos ecossistemas e serão analisadas soluções futuras. Será conduzido por especialistas espanhóis e portugueses.

A segunda parte, na tarde de quinta-feira, servirá para apresentar as experiências, desafios e iniciativas inovadoras desenvolvidas pelos municípios ribeirinhos e da sociedade civil organizada em torno da defesa do Tejo.

Ver mais
  • ORGANIZA Ayto de Toledo
  • COLABORAN Cofradía Ibérica del Tajo
  • UCLM
  • TAGUS
FOTOGRAFÍAS: José Luis Rodríguez Holgado